Óleo de Motor: Como escolher o melhor seguindo a tabela?

É de extrema importância saber como escolher o óleo correto para o seu automóvel, principalmente levando em consideração a tabela de óleo de motor. Pensando no motor e como seu funcionamento depende do óleo, todo motorista deve saber escolher o seu.

Como entender a tabela de óleo de motor?

Analisando a tabela, podemos acompanhar não apenas o tipo correto de óleo para o seu motor, mas também a data correta para realizar a troca de óleo. Tome cuidado para sempre manter as trocas em dia, seguindo as especificações indicadas na tabela para um melhor desempenho do motor.

Quanto aos diferentes tipos de óleo disponíveis, as suas variações são referentes ao seu uso específico, pois de fato cada tipo tem uma finalidade. Mudanças na viscosidade do óleo, os aditivos adicionados, tudo deve ser levado em consideração.

O objetivo dos aditivos é auxiliar na limpeza do motor, evitando corrosão. A composição do óleo pode contar com até 25% de aditivos, afetando consequentemente o preço do componente.

Outro ponto que precisamos entender é a viscosidade do óleo de motor, que afeta principalmente sua fluidez. Existem dois tipos mais comuns, o óleo de viscosidade única e o de multiviscosidade, sendo esse último o mais comum, pois a maioria dos automóveis é projetada para usá-lo para um melhor desempenho.

Como identificar os códigos de classificação dos óleos de motor?

A tabela de óleo de motor é organizada de acordo com alguns códigos que você precisa entender, se deseja seguir a tabela na hora da troca do óleo. Primeiro você consegue identificar o padrão de proteção do óleo no selo do óleo, presente no número da embalagem.

Confira a sigla presente no rótulo, onde diz API e ACEA. A identificação da API é referente à viscosidade, enquanto a ACEA indica o desempenho. Pode existir também outra identificação presente no rótulo, no caso uma letra W de “Winter”, indicando que este óleo é recomendado para baixas temperaturas.

Existem hoje três tipos diferentes de óleo, os minerais, semissintéticos ou sintéticos. Os minerais usam derivados do petróleo, porém os sintéticos são compostos de químicos, possuindo um maior controle, consequentemente maior qualidade. Os semissintéticos são os de maior custo-benefício, pois utilizam bases minerais e sintéticas, para reduzir o custo de produção.

Nem todo óleo será viável para o seu veículo, portanto tome cuidado na hora de trocar o componente. O ponto mais importante porém é de forma alguma misturar dois ou mais tipos de óleo. Isso pode ocasionar em danos ao motor ou demais componentes do automóvel

Como escolher o melhor óleo de motor?

Agora que você já sabe ler a tabela de óleo de motor e compreende as diferenças entre os diversos tipos de óleo presentes no mercado, basta seguir as indicações para seu veículo e escolher.

Esperamos ter respondido todas as suas dúvidas, porém quaisquer perguntas é só nos chamar. Se precisar também de uma ótima loja de bateria em Santos, fale conosco na página de contato ou em um dos nossos telefones, disponíveis no rodapé do site. Até a próxima!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.