Como identificar problemas elétricos no veículo?

Não é novidade para ninguém que todo veículo pode apresentar problemas elétricos ou em qualquer outro componente. Seja o motor, a bateria automotiva ou o próprio sistema elétrico do automóvel, tudo está sujeito à apresentar falhas, mesmo com a manutenção periódica em dia. A manutenção preventiva não evita que problemas ocorram, mas sim que eles te peguem de surpresa. Efetuando uma manutenção preventiva, você pode se prevenir para que quaisquer problemas elétricos, mecânicos ou afins, possam ser solucionados o mais cedo possível.

Como identificar problemas elétricos no veículo?

Falando especificamente de problemas elétricos, como panes elétricas, são problemas de forma geral corriqueiros, porém que devem ser tratados com extremo cuidado, pois essas panes podem causar acidentes ou até mesmo incêndios. Os componentes que costumam apresentar falhas no sistema elétrico são a bateria automotiva, o alternador, os fusíveis, o sistema de ignição e a correia do alternador.

A pane elétrica pode ser multifatorial, porém ela sempre será um resultado de excesso no sistema de eletricidade do automóvel. Sendo assim, itens que apresentem indícios de deterioração, por uso ou tempo, podem ser os responsáveis por essas panes elétricas. O mais comum causador de problemas elétricos em automóveis é a falta de atenção e reparo, principalmente no alternador ou na bateria.

O uso de peças automotivas não originais do fabricante do veículo também pode sobrecarregar o sistema elétrico, resultando nesse excesso de demanda elétrica e, consequentemente, em um desgaste mais acelerado.

Existem alguns sinais para os quais podemos ficar atentos, porém vale lembrar que problemas para dar a partida no carro e em itens como rádio, faróis e painel são os mais comuns. Se você suspeita que o seu veículo pode estar com problemas elétricos, estacione-o em um local adequado, acione o pisca-alerta e utilize o triângulo de segurança indicando o motivo de pane elétrica.

Acione a seguradora ou contato um serviço de socorro rodoviário e não fique dentro do automóvel, se possível não fique tão perto. Também é importante ressaltar que de forma alguma você deve tentar fazer uma transferência de carga! Isso só piorará o estado da bateria automotiva e você ainda põe em risco os demais componentes do veículo.

Esperamos ter respondido todas as suas dúvidas, porém quaisquer perguntas é só nos chamar. Se precisar também de uma ótima loja de bateria em Santos, fale conosco na página de contato ou em um dos nossos telefones, disponíveis no rodapé do site. Até a próxima!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.