O Que Fazer Quando a Bateria do Veículo Arriar?

Caso você esqueça algo ligado durante a noite e, na hora de ligar o carro, pode a bateria do veículo arriar. E então, o que fazer? A bateria automotiva tem o principal objetivo de dar a partida do veículo, porém ela também alimenta o rádio, ar condicionado, lanternas e faróis, portanto…

O Que Fazer Quando a Bateria do Veículo Arriar?

A solução mais comum é fazer uma ligação direta entre duas baterias. Essa operação é conhecida mais popularmente como “chupeta”. Apesar de comum, se você nunca fez isso antes, tome extremo cuidado para não danificar nem o veículo nem se machucar.

  1. Separe os dois cabos de pontas de metal, que se assemelham a alicates. Um terá a cor vermelha e o outro preta. Esses cabos costumam acompanhar o estepe do veículo, porém você pode pedir emprestado de alguém que esteja perto, ou porteiro ou zelador de algum prédio próximo.
  2. Certifique-se de que eles estão em bom estado, sem emendas ou partes descascadas. Para fazer a chupeta, será necessário conectar esses cabos a uma outra bateria com capacidade igual da bateria do seu automóvel.
  3. Não permita que os veículos se encostem, e então desligue todos os equipamentos eletrônicos de ambos.
  4. Conecte os polos positivos com o cabo de cor vermelha, primeiro fixando-o na bateria auxiliar. Depois, faça o mesmo com o cabo preto e os polos negativos. Tenha todo o cuidado para não tocar o polo errado com ambos os cabos.
  5. Então dê a partida no carro em que a bateria está descarregada. Se ele não der a partida de primeira, tente no máximo mais três vezes. Se não funcionar, o problema deve ser diferente de uma simples descarga.
  6. Com o veículo ligado, o alternador carregará a bateria do carro, portanto você já pode remover os cabos e seguir viagem.

No caso da bateria do veículo arriar e você não se sentir seguro para realizar essa operação, não arrisque! Peça ajuda para alguém por perto ou ligue para nós da Fênix Baterias.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *